Desvendando a Região Eventos Petrópolis SERRA

Inverno e Petrópolis: uma combinação perfeita e romântica

10 de julho de 2015
Museu Imperial de Petrópolis. Foto: Petrópolis Convention Bureau

Museu Imperial de Petrópolis. Foto: Petrópolis Convention Bureau

O inverno é o período preferido dos cariocas e viajantes de outras partes do Brasil para visitar Petrópolis. É quando a cidade vive em sua essência. O geladinho, que pode ser até incômodo para os moradores que se agasalham de segunda a segunda, é um frenesi para os visitantes. Ponchos, gorros, chapéus estilosos, sobretudos e botas de todos os tamanhos e saltos tomam conta das malas de viagem e são desfilados pelo centro histórico. Se você sonha em casar na cidade, taí um bom momento para agendar uma visita e conhecer o que a região tem de melhor. Mas é preciso se programar, os hotéis, pousadas e até mesmo casas para locação costumam ficar bem cheios na estação.

Festival de Inverno. Foto: Petrópolis Convention Bureau

Festival de Inverno. Foto: Petrópolis Convention Bureau

De acordo com o Ministério do Turismo, a taxa média de ocupação no município fica em torno de 90% nos finais de semana do mês de julho, sendo que a grande maioria dos hotéis e pousadas do Centro Histórico e arredores chega a 100% de lotação. A partir desta sexta (10/7), começa a programação do Festival de Inverno, que segue até 19 de julho com extensa lista de atividades de música erudita e popular, corais, teatro, dança e cinema. Imperdível!

Palácio Quitandinha. Foto: Petrópolis Convention Bureau

Palácio Quitandinha. Foto: Petrópolis Convention Bureau

E as atrações da minha querida cidade imperial não param por aí. O roteiro turístico inclui passeios imperdíveis como as visitas ao Museu Imperial, Palácio de Cristal, Palácio Quitandinha, Casa de Santos Dumont, Museu de Cera e Cervejaria Bohemia. Para os noivos que pretendem casar na igreja, é imprescindível visitar a Catedral São Pedro de Alcântara, a principal da região e lindaaaa!!! É de tirar o fôlego. Para os amantes de boas compras, é importante deixar um tempinho para passear pela Rua 16 de Março, pela Rua Tereza e para visitar a Feirinha de Itaipava.

Catedral São Pedro de Alcântara

Catedral São Pedro de Alcântara

Já para quem quer se deliciar com um bom roteiro gastronômico, não faltam boas opções. Eu, por exemplo, sou fã do Bordeaux e suas tábuas de queijos e frios. Bem localizado no centro histórico, ainda tem fondue e vasta carta de vinhos. Se a pedida é uma boa massa ou pizza feita à lenha a boa é visitar o Luigi, bem em frente à tradicional Praça da Liberdade. Outro lugarzinho imperdível é o Armazém 646. Localizado no bairro Valparaíso, tem música ao vivo nas noites de sábado, preços super justos e um escondidinho de carne seca de comer rezando. Para quem quer passear por Itaipava, a noite da região é bem badalada e também tem ótimas opções. Destaque para o português Parrô do Valentim, com opções de lanches e comida a la carte, e para o Vagão, localizado no Shopping Estação. O nome não foi escolhido ao acaso. O restaurante tem o formato de um vagam de trem, com petiscos e cervejas típicas de várias partes do mundo. Uma delícia!

Você também pode gostar de